ANTONIO ATHAYDES BARBOSA DE SOUSA

  • O PAPEL DA IGREJA INCLUSIVA NA SOCIEDADE RELIGIOSA COMUM
  • Resumo: Atualmente, a homossexualidade é pregada como controvérsia aos ensinamentos bíblicos tradicionais. A comunidade LGBT tem dificuldades de expor sua forma de amar sem com que ocorra uma rejeição as identidades de gênero, conceito ainda novo para muitos. O homossexual segue um ensinamento religioso e participa de uma comunidade que prega o nome de Deus, ainda é muito incomum. A luta é diária, a aceitação e a vontade de fazer parte de uma comunhão religiosa são de uma minoria que inclui o homossexual como membro fiel e seguidor dos ensinamentos de Deus, não o tratando como diferente, impondo a cura para o que não é doença, ou em convertê-lo à heterossexualidade. Infelizmente o ódio disfarçado pelo vocabulário bíblico ainda é muito admitido como motivo principal a desigualdade dos gêneros e ao desentendimento social entre as comunidades LGBT e as religiões. Onde entra o papel da comunidade inclusiva, como método de retrocesso ao preconceito tão sabatinado, fazendo com que o fiel, de alguma forma, entenda que não está vivendo um pecado? De certa forma a titularidade inclusiva se dá como forma de braços abertos àquele que se sente rejeitado em uma sociedade ainda muito rígida, com padrões determinados em um livro justificado religiosamente como a palavra de Deus. A criação de um programa de rádio que abordasse o assunto se fez necessária, com o intuito de levar ao público em geral o conhecimento do que significa uma religião inclusiva, sua diferenciação das comunidades tradicionais e a atenção com o público LGBT.
  • Orientador: Prof. Ms. Luiz Lázaro.

PDF: O PAPEL DA IGREJA INCLUSIVA NA SOCIEDADE RELIGIOSA COMUM

Produto: Programa Radiofônico

%d blogueiros gostam disto: