Câmera1 – Wanadi

Murilo acorda as sete horas da manhã como todos os dias e segue sua rotina. Com sua xícara de café na mão, olha o calendário para ver os compromissos do dia, e hoje era seu encontro com o grupo de apoio. Ele sai de seu apartamento rumo a seu destino.
Ele caminha até as cadeiras vazias e se senta em uma delas. O líder inicia às conversas do dia, umas duas pessoas falam antes de um homem chamado Maya que relata sobre uma experiência que teve de encontro com sua falecida mãe. Chega então a vez de Murilo, ele se levanta da cadeira, se apresenta e faz seu breve relato. O líder do grupo dá seus concelhos e encerra a reunião convidando todos a se juntar para um lanche. Murilo até aceitaria, mas o alarme de seu celular toca e ele vê que se não se apressar vai chegar tarde no trabalho.