CAMILLY PICIOLI DO NASCIMENTO

  • ESTUDO DA REPRESENTATIVIDADE DA INDEPENDÊNCIA FEMININA NA EVOLUÇÃO DA FRANQUIA “PRINCESAS DISNEY”.
  • Resumo: Desde os anos 1980 a Disney alterou o comportamento das protagonistas da franquia “princesas Disney” com a inclusão de Ariel (a pequena sereia) que trouxe uma leva de novas características para a Disney no que diz o que é ser uma princesa, trazendo nela, e nas demais que estariam por vir personalidades mais rebeldes, as empoderando e tornando-as menos passivas em suas histórias, lhes trazendo um ar de heroico e mais aventureiro. Esta reportagem irá apresentar a influência que estes filmes podem ter no desenvolvimento de uma criança, e como que personagens incluídas recentemente tiveram mudanças mais radicais, saindo cada vez mais do padrão europeu e incluindo diferentes etnias, texturas capilares ou a dispensabilidade de um par romântico. Tais mudanças que podem ser reflexo do movimento feminista que vem ganhando força e visibilidade nos últimos anos.
  • Orientador: Prof.ª Dra. Regina Tavares de Menezes.

PDF: Estudo da representatividade da independência feminina na evolução da franquia “princesas disney”

Produto: DOCUMENTÁRIO