JUNE HELLEN SANT’ANA MARQUES

  • OS IMPACTOS DA MOBILIZAÇÃO DA COMUNIDADE, POR MEIO DO POLO DE PREVENÇÃO, PARA COMBATER O ABUSO SEXUAL INFANTIL
  • Resumo: O presente estudo subsidiou uma análise aprofundada que identificou as relações entre o abuso sexual infantil e o Polo de Prevenção gerada pela mobilização da comunidade. Para isso, se baseou na teoria da agenda setting, na qual fez uma análise da metodologia aplicada pelos Polos de Prevenção para colocar a temática na conversa diária das pessoas. O abuso sexual infantil ainda é considerado para muitas pessoas um problema distante de acontecer consigo ou com contatos da mesma rede. Para quebrar esse paradigma, foi realizado um trabalho de campo, que se desdobrou em uma reportagem extensa, na qual mostra para os leitores que a violação é mais comum do que imaginam, mostrando um caso real da violência. O produto final consiste em uma revista que aborda de maneira simples e sensível essa realidade. Por fim, a pesquisa mostrou que é fundamental sensibilizar a sociedade e promover debates sobre o tema como um método de prevenção ao abuso sexual infantil.
  • Orientador: Professora Dr.ª Regina Tavares

PDF: Os impactos da mobilização da comunidade, por meio do polo de prevenção, para combater o abuso sexual infantil

Produto: REVISTA

%d blogueiros gostam disto: